NÃO É HORA DE FALAR EM POLÍTICA

Quando é tempo de falar em política, ou melhor, há tempo certo de se falar em política? O maior erro é pensar que política só se fala em época de eleição, aliás, se você não participa da política da sua cidade ou país a todo momento, como pode cobrar quem só fala de política em eleição? Desde que foi proposto escolher representantes dentro povo para representar e comandar, tudo o que acontece diariamente foi decidido por esses representantes. O asfalto, a escola pública, a iluminação, o médico, o hospital, os direitos trabalhistas, o semáforo, o ônibus, a zona azul, o local da feira livre, o comércio local, se está muito bom ou muito ruim isso é diretamente ligado a política e olha que faltou muita coisa nesses exemplos. Não adianta ignorar, fingir que não é problema seu, aquele politico que está a anos no poder e não faz nada para melhorar, afinal, votando ou não, se você não participa da politica da sua cidade, você é tão responsável pelo atos ruins ou bons que ele exerce sobre a sociedade que representa. Quantas vezes você parou para ouvir as propostas de um novo candidato, quantas vezes avaliou rigorosamente se aquele candidato que você iria votar tinha condições de exercer o cargo que ele queria pleitear? Alias, quais são seus critérios de avaliação? Ser conhecido? Morar no bairro há muito tempo? Ser simpático? Será que isso faz um bom político? Dá para perceber que as escolhas estão longe de representar fielmente o que precisa ter ou ser para ser um bom político. As propostas do seu candidato estão de acordo com aquilo que ele pode fazer no cargo que ele quer ter? Talvez você nem se lembre do motivo pelo qual votou, ou talvez, esteja arrependido porque não fez o que lhe prometeu, porque simplesmente não era da sua competência, e você não sabia. Você sabe o que faz um vereador, prefeito, deputado? Se sua resposta for, nada! Sinto em lhe dizer, mas você colocou alguém lá para fazer nada por você, e só reclamar, dizer que todos são iguais, que nenhum presta, que todos que entram são iguais, não justifica em nada as reclamações, porque quase 70% dos políticos estão no poder há mais de 1 mandato, e os que não estão, já tiveram outros cargos como secretários, por exemplo, então, eu faço aquela pergunta clássica, será que todos são iguais ou você que vota nos mesmos? O momento pode ser sensível, eu sei, muitas pessoas estão doentes, morreram, estão sem empregos, com muitas dificuldades, mas você já parou para pensar o quanto a politica interfere para que isso seja ainda pior por escolhas ruins? Será que não teríamos condições de ter hospitais melhores, uma economia mais estável, medicação e atendimento adequado, ações sociais mais efetivas se nossas escolhas tivessem sido outras? Os mesmos lobos estarão dia menos dia na sua porta em busca do seu voto, prometendo mundos e fundos para se reeleger ou aqueles sem boas intenções esperando uma oportunidade para entrar. Mas então, como escolher melhor?Partindo do momento que você sabe o que faz cada cargo, é hora de deixar de lado os pré conceitos sobre “todos serem iguais” e começar a conversar, discutir pontos e ideias, questionar e avaliar cada candidato que tiver intenção de apoiar. É uma entrevista, no caso você é o dono da empresa e o entrevistador. Quem merece o cargo que vai interferir diretamente na sua vida pelos próximos anos? Escrito por: Lyli Martins

Por Cotia

Faça Parte

INSCREVA-SE

Receba primeiro os conteúdos e informações

Lyli Martins

- POR COTIA -

  • White Facebook Icon
  • White Twitter Icon
  • White Instagram Icon

© 2023 by Christina Flores. Proudly created with Wix.com

Cotia - SP

Whatsapp
(11)94018-5433